Boeing realiza primeiro voo de aeronave com o sistema de reabastecimento que vai equipar o KC-46A

emd1takeoffboeingfield-tanker (Monica M. Wehri)

A aeronave Boeing 767-2C (EMD-1) decola para o 1º voo de testes equipada com sistema de reabastecimento em voo que será empregado nas aeronaves do programa KC-46A Pegasus / Foto: Monica M. Wehri

A Boeing realizou com sucesso o primeiro de voo testes de uma aeronave equipada com sistema de reabastecimento em voo que será empregado nas aeronaves do programa KC-46A Pegasus.

A aeronave de teste EMD-1, um Boeing 767-2C (externamente idêntico aos futuros KC-46A), decolou de Paine Field, Washington, no final da tarde dessa terça-feira (02/06), para o primeiro teste de aeronavegabilidade equipado com uma lança de reabastecimento em voo (flying Boom) e dois pods sob as asas, compatíveis com o sistema mangueira-e-cesto (probe and drogue).

tanker_gallery_med_crop_07_960x600

KC-46A Pegasus (Dvulgação/Boeing)

O voo, que teve duração de 4,3 horas, representou um importante marco para o programa de desenvolvimento das futuras aeronaves reabastecedoras da Força Aérea dos EUA (USAF), pois é a primeira vez que a aeronave de testes EMD-1 voou com todos os equipamentos de reabastecimento em voo instalados.

kc-46emd1withboom (John D. Parker)

A aeronave Boeing 767-2C (EMD-1) realiza o 1º voo de testes equipada com sistema de reabastecimento em voo que será empregado nas aeronaves do programa KC-46A Pegasus / Foto: John D. Parker

Os próximos meses serão de suma importância para o programa. O primeiro voo do KC-46A (aeronave de teste EMD-2) está previsto para ser realizado até o final de agosto, e, a partir de então, uma série de testes, inclusive com o reabastecimento de outras aeronaves, será realizado.

O posta-vos da Boeing, Chick Ramey, informou que o voo realizado no dia 2 de junho foi considerando um sucesso, lembrando que, apesar do sistema de reabastecimento estar instalado no EMD-1, ele não era funcional. O reabastecimento, de fato, será realizado ao longo dos testes com o KC-46A (EMD-2), após a realização do primeiro voo.

boeing-tanker-test (Daniel Gorun)

A aeronave Boeing 767-2C (EMD-1) momentos antes de realizar o 1º voo de testes equipada com sistema de reabastecimento em voo que será empregado nas aeronaves do programa KC-46A Pegasus / Foto: Daniel Gorun

Como parte de um contrato celebrado em 2011 para projetar e desenvolver a próxima geração de reabastecedores da USAF, a Boeing está construindo quatro aeronaves de teste – dois 767-2C (EMD-1) e dois KC-46A tankers (EMD-2). Os 767-2C serão empregados em testes de aeronavegabilidade, enquanto os KC-46A voarão no programa de testes totalmente equipados no processo de certificação da FAA e militar.

A aeronave Boeing 767-2C, parte do programa KC-46, durante seu 1º voo de testes com o sistema de reabastecimento em voo instalado / Foto: John D. Parker

A aeronave Boeing 767-2C (EMD-1) realiza o 1º voo de testes equipada com sistema de reabastecimento em voo que será empregado nas aeronaves do programa KC-46A Pegasus / Foto: John D. Parker

A Boeing possui um contrato para entregar os primeiros 18 de 179 aeronaves KC-46 para a Força Aérea até agosto de 2017.


FONTE: Flightglobal, Puget Sound Business Journal – EDIÇÃO: Cavok

IMAGENS: Retratam o evento

NOTA DO EDITOR: Por falar em reabastecedores, depois do ajuste fiscal, a quantas anda o KC-X2 da FAB?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s